Descubra como o RH e o Marketing Interno andam juntos!

criado em 21 de Setembro de 2023

última atualização 25 de Setembro de 2023

Leia em 7 min

Você já ouviu falar em Marketing Interno? Esse conceito surgiu quando os profissionais de RH perceberam a necessidade de aplicar estratégias de marketing também para o público interno para potencializar suas estratégias.

Com o mercado cada vez mais acelerado, atrair e reter talentos tornou-se uma tarefa essencial para qualquer organização e o marketing interno tem um papel fundamental nisso. Confira a seguir mais informações sobre o tema e veja como a sua empresa pode começar a aplicar o marketing interno na sua rotina!

Índice:

O que é Marketing Interno?

Também conhecido como Endomarketing, o Marketing Interno nada mais é do que um conjunto de ações de marketing e comunicação voltadas para o público interno, ou seja, para os colaboradores de uma organização.

Da mesma forma que o marketing trabalha a visão da marca para os consumidores, o marketing interno também faz isso, porém, com seus funcionários.

Assim, os colaboradores passam a admirar a empresa em que trabalham e atuam como promotores da marca. Tudo isso contribui para um aumento da produtividade e do engajamento na rotina de trabalho e, consequentemente, da satisfação e do bem-estar neste ambiente.

Qual a relação entre o RH e o Marketing?

Apesar de serem vistas como áreas isoladas e com focos distintos — uma com foco no público interno e outra no externo — sua relação e união pode ser benéfica para o crescimento da organização.

Isso porque as expertises do marketing podem ser aproveitadas pelo RH para desenvolver uma comunicação melhor e mais atrativa com seus colaboradores e candidatos. 

Quando falamos do processo de recrutamento e seleção, por exemplo, é importante ter um texto persuasivo, que destaque os benefícios da empresa e alguns de seus valores, para que os melhores candidatos se sintam atraídos por essa oportunidade. Além disso, apostar em uma divulgação criativa também ajuda a trazer uma imagem positiva para a empresa.

Outro ponto importante é saber trabalhar a missão e valores da empresa junto aos colaboradores. Essa divulgação precisa ser bem pensada e feita de maneira assertiva para que tenha impacto positivo no dia a dia dos trabalhadores.

Portanto, essas e outras ações podem acontecer quando há a intersecção entre RH e Marketing.

Como o Marketing pode ajudar na gestão de pessoas?

Como falamos anteriormente, o Marketing possui uma visão de comunicação e engajamento muito forte, que pode contribuir para uma melhor gestão de pessoas

Quando falamos sobre retenção de talentos, melhoria dos canais de comunicação internos, jornada do colaborador, ações de engajamento, pesquisas de clima e employer branding, as habilidades do time de marketing são muito bem-vindas.

Dessa forma, o RH pode identificar pontos que precisam de melhorias, quais são as necessidades dos colaboradores e quais são os desafios de comunicação para que o marketing ajude a traçar estratégias que resolvam os problemas existentes.

9 estratégias que podem ser traçadas entre o Marketing e o RH

Agora que você já sabe que o RH e o Marketing podem ser uma potência juntos, veja como isso ocorre na prática! A seguir separamos 9 estratégias que as duas áreas podem aplicar em uma organização, confira.

Criar uma comunicação interna mais eficaz

A Comunicação Interna é uma das áreas mais estratégicas de qualquer corporação. Isso porque ela transmitirá a imagem da empresa aos colaboradores e será a ponte entre eles e a alta direção.

Quando não existe uma área interna chamada “Comunicação Interna”, esse papel geralmente fica com o RH, porém sempre contando com o apoio do Marketing para uma melhor execução. 

Dessa forma, essa estratégia visa criar um processo sólido de comunicação, em que os colaboradores consigam compreender e acessar facilmente os valores, missão e cultura da empresa.

Além disso, é o canal para deixar os colaboradores por dentro das novidades e engajados com o futuro da organização. Para que isso aconteça, o marketing interno é fundamental para tornar as mensagens mais atrativas e com bons materiais de divulgação.

Fortalecer o employer branding

O Employer Branding nada mais é do que a marca se projetando para os profissionais do mercado, sejam eles já colaboradores ou futuros candidatos. É o que chamamos de construir a marca empregadora, ou seja, criar uma imagem positiva da empresa no mercado para atrair e reter talentos.

Dessa forma, temos o RH como fonte de insights sobre a cultura e os benefícios da organização para que o Marketing comunique isso de maneira mais atrativa para o público externo.

Engajar os colaboradores em eventos e programas internos

Dentro do calendário do RH, o time de Recursos Humanos prepara eventos, treinamentos, dinâmicas de grupo, programas de reconhecimento e outras atividades que irão acontecer ao longo do ano. 

Para aumentar o engajamento dos colaboradores com essas ações, contar com o marketing interno é muito importante. Isso porque a divulgação desses eventos fica mais atraente, a execução das atividades mais potentes, o que gera maior adesão e envolvimento dos funcionários.

Facilitar a criação de conteúdo interno

Uma empresa que comunica novidades, reconhece abertamente seus funcionários, têm uma comunicação aberta e constante, e se dedica a transmitir constantemente a cultura organizacional, tende a criar um clima mais positivo.

Assim, aliar essa comunicação com as expertises de marketing é um caminho de sucesso. O Marketing pode ajudar na criação de materiais com uma identidade visual interna e apostar em diversos formatos de conteúdo para reter a atenção dos colaboradores.

Otimizar a pesquisa de satisfação e feedback

Realizar rodadas de feedback e pesquisas de satisfação interna é essencial para que o RH entenda a visão dos colaboradores sobre a empresa e como eles se sentem no ambiente de trabalho. Para uma empresa que deseja promover o bem-estar no trabalho, saber os pontos de melhoria é o ponto de partida para essas mudanças.

Neste ponto, o Marketing pode ajudar a elaborar as pesquisas e analisar seus resultados, visto que essa é uma prática muito comum da área. Além disso, o RH pode elaborar um plano de ação junto ao marketing e entender onde cada área pode se apoiar para melhorar o ambiente interno da organização.

Auxiliar no desenvolvimento de programas de treinamento

Os treinamentos e programas de desenvolvimento são necessários para o crescimento tanto da empresa quanto dos profissionais colaboradores. Para tornar este momento ainda mais rico, o Marketing pode contribuir com a elaboração de materiais acessíveis para enriquecer o processo de aprendizagem.

Dessa forma, os materiais podem ser produzidos em apostilas, pílulas de conteúdos, vídeos curtos, vídeo-aulas e por aí vai. Contar com um estrategista de conteúdo pode ajudar bastante nessa definição!

Desenvolver programas de recompensas

Reconhecer os colaboradores pelo bom trabalho e pelos resultados alcançados promove o senso de pertencimento e a satisfação pessoal. Diante disso, os programas de reconhecimento e recompensas ajudam na motivação diária dos funcionários e ainda é uma forma de colocar a cultura da empresa em prática. 

Neste momento, contar com uma opinião criativa do Marketing pode ser ótimo para definir quais serão as recompensas e os critérios para ganhá-las. Por exemplo: um funcionário que bate a meta do mês pode receber um aumento no seu vale refeição e um bônus para usar como quiser. Os benefícios corporativos são ótimos aliados neste cenário. 

Desenvolver planos de carreira

O plano de carreira é uma estratégia para ajudar no crescimento e desenvolvimento do público interno, gerando oportunidades e incentivos para uma melhoria contínua na carreira.

Assim, vemos profissionais mais satisfeitos com seu local de trabalho e com menos tendência ao turnover, resultando em retenção de talentos. Além disso, a empresa passa a contar com profissionais mais capacitados e qualificados, sem precisar partir para contratações externas. Essas ações fazem parte do employer branding e do employee experience.

Ajudar na avaliação de resultados

Ao começarem a aplicar o marketing interno, os times de RH e Marketing devem definir juntos alguns KPIs (Indicadores-chave de performance) para acompanhar os resultados das ações executadas em conjunto. Algumas dessas métricas podem ser:

  • retenção de talentos e taxa de rotatividade;
  • satisfação dos funcionários;
  • desempenho organizacional;
  • feedbacks da liderança;
  • engajamento nas ações;
  • eNPS.

Conclusão

Ao longo do texto foi possível perceber que o marketing interno tem efeitos positivos em qualquer organização que deseja investir na sua cultura e clima organizacional. Para que ele aconteça da melhor forma, é necessário unir as habilidades do RH com as do Marketing e trazer criatividade e inovação para o negócio.

Além disso, contar com benefícios corporativos na hora de desenvolver o employer branding, em potencializar o employee experience e agregar aos programas de reconhecimento é o melhor caminho para o sucesso das iniciativas.

Portanto, conheça o iFood Benefícios, o cartão multibenefícios que a sua empresa realiza uma gestão simplificada e os colaboradores podem aproveitar diversos benefícios em um só lugar.

Clique aqui e confira mais informações!

Desbloqueie os segredos para uma gestão de RH bem-sucedida

Protegido por reCAPTCHA - Privacidade - Condições

Ao enviar o formulário você aceita receber comunicações do iFood por e-mail e WhatsApp

Desbloqueie os segredos para uma gestão de RH bem-sucedida