Metodologia Lean: saiba como impulsionar a eficiência e o sucesso da empresa

criado em 1 de Setembro de 2023

última atualização 14 de Setembro de 2023

Leia em 7 min

A Metodologia Lean é um mindset de trabalho que tem feito bastante sucesso no mercado corporativo, principalmente pelo que se propõe a fazer: otimizar processos e reduzir desperdícios.

Para um crescimento saudável, as organizações apostam em metodologias que ajudem a melhorar sua performance e resultados. Com isso, a metodologia lean tem sido cada vez mais adotada.

Aliás, você sabia que esse tipo de metodologia também pode ser aplicado aos setores de RH? É sobre isso e mais um pouco que vamos falar no artigo de hoje. Continue a leitura e 

confira!

Índice:

O que é Metodologia Lean

A metodologia lean nada mais é do que um conceito ou filosofia que preza por evitar desperdícios, reduzir custos e otimizar a produtividade em uma organização. “Lean” significa “enxuto”, “magro”, e resume bastante o que a metodologia se propõe a fazer.

Dessa forma, a metodologia se apoia em tecnologias para que as equipes tenham uma gestão eficiente de seus processos e recursos. Isso ajuda a promover uma entrega com maior qualidade para o usuário ou cliente final.

Portanto, o objetivo é rever os processos e remover tudo o que não agrega valor, otimizando a performance, principalmente em tarefas manuais. Para isso, utiliza-se softwares de gestão de tarefas e outras ferramentas para promover essas mudanças.

Qual a origem desse conceito?

O conceito surgiu após a Segunda Guerra Mundial, nos anos 1940, pela Toyota, no Japão. Devido aos acontecimentos, o Japão precisou se restabelecer, em diversas instâncias, principalmente nos assuntos voltados para a economia do país.

Assim, em um cenário pouco promissor, com baixos recursos e produtividade, otimizar os processos se tornou uma necessidade urgente. Para isso, o engenheiro Taiichi Ohno juntou-se ao fundador da empresa, Toyota Sakichi, para criar o Toyota Production System (TPS), também conhecido como Toyotismo.

Ao longo dos anos esse método de trabalho foi se popularizando e atualmente faz parte de inúmeras empresas, tanto no mercado nacional quanto internacional.

Os 5 princípios da Metodologia Lean

A metodologia lean possui 5 princípios básicos que são aplicados no dia a dia nas operações das empresas. Confira quais são!

Valor

É o valor que a solução da sua empresa entregará ao cliente final. Dessa forma, a metodologia lean deve levar em consideração a proposta de valor e nunca optar por diminuí-la. Podemos dizer que é fazer o básico, porém bem feito.

Fluxo de Valor

Para chegar a esse valor da solução, existe um processo, certo? É sobre isso que o fluxo de valor trata: entender quais processos são necessários e essenciais para gerar esse benefício.

Dessa forma, temos uma análise do fluxo de produção, visando eliminar desperdícios e aumentar o foco e a produtividade.

Fluxo contínuo

Após a definição do melhor fluxo, a ideia é que ele aconteça sem interrupções, para surtir o efeito desejado. Com isso, a tendência é ganhar maior agilidade, evitar erros e aumentar o volume de produção.

Portanto, o objetivo final é realizar entregas melhores em menos tempo.

Produção conforme demanda (produção puxada)

Nesta fase temos a redução do estoque para a produção puxada. Isso quer dizer que a empresa deve diminuir seus desperdícios e trabalhar somente com o necessário para as entregas.

Com isso, a produção puxada funciona como uma calibração dos fluxos dos processos operacionais e das prioridades do negócio.

Busca pela excelência

A metodologia lean busca uma melhoria contínua e constante. Dessa forma, entende-se que não é possível atingir a perfeição, porém sempre existe a possibilidade de melhorar o que vem sendo feito.

Assim, esse princípio busca incentivar o aprimoramento dos fluxos e processos em geral, para que a entrega fique ainda melhor e redução de custos e desperdícios ainda maior.

Os 7 desperdícios de Lean: como lidar?

Afinal, o que é considerado desperdício dentro da metodologia lean? A seguir elencamos 7 itens que podem comprometer o fluxo de entregas da sua organização. Confira!

1. Superprodução

A superprodução é quando a empresa produz mais que o necessário para atender às demandas de seus clientes. Dessa forma, o estoque aumenta de forma excessiva, ocupando espaço e consumindo recursos desnecessariamente.

Portanto, para lidar com esse desperdício, foque em produzir apenas o necessário, baseando-se em demanda real, através do princípio de produção puxada.

2. Transporte

Quando a empresa movimenta materiais, produtos ou informações mais do que o necessário, e, assim, aumenta os custos e risco de danos

Para evitar esse tipo de desperdício, reorganize o planejamento e previsão de demanda, observe a distribuição das suas instalações e reduza o fluxo de transporte.

3. Processamento excessivo

Acontece quando a empresa realiza etapas ou processos desnecessários e que não agregam valor ao produto ou serviço final. Dessa forma, há um desperdício de tempo e recursos.

Com isso, analise o fluxo de valor e elimine qualquer atividade que não seja essencial para a entrega de valor ao cliente.

4. Inventário

O estoque de mais produtos que o necessário pode ocasionar:

  • custos adicionais;
  • obsolescência;
  • problemas de qualidade;
  • muito espaço ocupado para armazenamento.

Para melhorar essa situação, implemente práticas de gestão de estoque just-in-time para reduzir o nível de estoque mantido e garantir a disponibilidade do produto apenas quando necessário.

5. Espera

É o desperdício de tempo. Acontece quando há tempo ocioso ou atrasos durante o processo de produção ou prestação de serviços. 

Para combater este problema, identifique e elimine as etapas do processo que geram esperas e otimize o fluxo de trabalho.

6. Movimento

Movimentar pessoas e equipamentos mais do que o necessário pode causar cansaço e perda de tempo. Para evitar esse desperdício, organize o layout do local de trabalho de forma a minimizar o movimento realizado e facilitar o acesso aos materiais e ferramentas necessárias.

7. Defeitos

Evitar defeitos nos produtos ou serviços é essencial para evitar desperdícios, tanto de tempo quanto de matéria-prima ou mão de obra. Para isso, conte com um bom treinamento de equipe antes de iniciar o trabalho e tenha o suporte de ferramentas tecnológicas para fazer o controle de qualidade e automatização de processos.

Todas essas ações evitam retrabalhos e gargalos na produção, além de colaborar com a satisfação do cliente final.

Como a Metodologia Lean ajuda as empresas?

A metodologia lean é extremamente útil para empresas de qualquer porte, segmento e setor de atuação. Isso porque o método oferece uma abordagem estruturada para melhorar a eficiência, poupar desperdícios e aprimorar a qualidade dos produtos ou serviços entregues.

Dessa forma, qualquer organização que deseja aumentar a sua produtividade e a qualidade das entregas, juntamente com a otimização dos recursos, pode apostar nessa metodologia para atingir esses objetivos.

Como o RH pode usar a Metodologia Lean?

Mulher tendo uma entrevista de emprego com a gerente de RH

Originalmente a metodologia lean foi desenvolvida para aplicação em setores industriais e de manufatura. Entretanto, o conceito se expandiu e se adaptou a diversos contextos, aplicando-se a diferentes áreas, incluindo o RH.

Assim, o setor de Recursos Humanos pode e deve usar a metodologia lean para melhorar seus processos, aumentar a eficiência e agregar mais valor à organização como um todo. Vale ressaltar que a aplicação dessa metodologia deve ser adaptada para atender às especificidades do departamento e das atividades relacionadas à gestão de pessoas.

Confira a seguir como o RH pode aproveitar a metodologia lean no seu dia a dia.

Melhoria dos processos internos

Através da metodologia, o RH consegue identificar e eliminar desperdícios em seus processos, como excesso de burocracia nos processos de recrutamento e seleção, no fluxo de contratações, entre outros. O objetivo é tornar as operações mais eficientes e suprir o tempo gasto em tarefas supérfluas.

Agilidade na contratação e seleção

Como falamos anteriormente, o processo de seleção e recrutamento de profissionais pode ser otimizado ao eliminar etapas que não agregam valor. Assim a equipe garante uma resposta mais rápida às necessidades da empresa.

Desenvolvimento de talentos

A metodologia lean enfatiza a importância do aprendizado e da melhoria contínua, o que conversa diretamente com o desenvolvimento dos colaboradores.

Com isso, o RH pode aplicar essa abordagem para criar programas de treinamento e capacitação que sejam realmente eficazes e relevantes para os funcionários.

Melhoria da gestão de desempenho

O acompanhamento do desempenho e desenvolvimento dos colaboradores pode se apoiar na metodologia lean para ser um processo mais objetivo e focado em resultados. Assim o RH consegue ajudar os funcionários a identificar oportunidades de melhoria individual e coletiva.

Foco no cliente interno

O lean foca em tornar os processos internos mais produtivos para entregar uma melhor experiência ao cliente final. Quando esse foco muda do cliente externo para o cliente interno, vemos que o RH tem um papel fundamental para entender as necessidades dos seus clientes, logo, os colaboradores.

Ao aplicar a abordagem lean, o RH pode buscar entender melhor as expectativas dos funcionários e aprimorar os serviços oferecidos.

Redução de burocracia

É comum encontrarmos bastante burocracia nos processos de RH. Para diminuir isso, a metodologia lean pode ajudar a eliminar desperdícios e atividades desnecessárias, que não agregam valor. Alguns exemplos são: excessos de documentos e procedimentos complicados. Assim, a metodologia traz mais agilidade e menos burocracia para o dia a dia dos profissionais de RH.

Cultura de melhoria contínua

A cultura de melhoria contínua é um dos princípios da metodologia lean e, quando aplicado ao RH, incentiva os colaboradores a buscarem constantemente maneiras de aprimorar os processos e serviços de seu respectivo departamento.

Outra forma de otimizar processos burocráticos do RH é apostar em uma boa gestão de benefícios corporativos. Com o iFood Benefícios você consegue ter todos os benefícios em um só lugar e realizar a gestão através de uma única ferramenta.

Conheça mais sobre o iFood Benefícios!

Desbloqueie os segredos para uma gestão de RH bem-sucedida

Protegido por reCAPTCHA - Privacidade - Condições

Ao enviar o formulário você aceita receber comunicações do iFood por e-mail e WhatsApp

Desbloqueie os segredos para uma gestão de RH bem-sucedida